Alimentação inadequada pode agravar o estresse e a depressão

 

No Dia Mundial da Alimentação, profissional alerta para a relação entre o consumo excessivo de açúcar, gordura e ultra processados e a saúde mental

                                  

 

A ingestão excessiva de açúcar, gordura e alimentos ultra processados podem agravar quadros de estresse e depressão. Uma alimentação equilibrada pode potencializar o tratamento de transtornos mentais. 

 

O primeiro dos alimentos promotores do desequilíbrio no corpo é o açúcar. De acordo com a nutricionista, com o consumo excessivo da substância, o corpo libera mais cortisol, de forma incorreta. “Quando esse hormônio [o cortisol] está elevado, a pessoa pode sentir interferências no sono, além de resposta imunológica baixa e dores de cabeça. Vale lembrar que quanto mais consumimos, maior será a nossa necessidade por açúcar, e que a ingestão da substância em excesso contribui para o aumento da ansiedade, da depressão e outros transtornos mentais.”, explica a professora do Uniceplac e nutricionista, Paula Uessegue.

 

A profissional alerta ainda que uma alimentação abundante em gordura, especialmente frituras, pode aumentar as chances de estresse para o organismo. “Uma dieta com abundância de gordura altera o funcionamento do intestino e causar episódios de diarreia ou constipação. Isso pode afetar o humor e a concentração, aumentando a possibilidade de surgimento de desordens mentais.”, explica.

 

De acordo com Paula, uma dieta com predominância de alimentos ultra processados é pobre em zinco, magnésio e selênio, o que causa alterações hormonais e favorece a ansiedade, a depressão e alterações de humor. Uma alimentação rica em produtos in natura, verduras, legumes e frutas auxilia o corpo no combate a esses males.

 

Para pessoas já diagnosticadas com transtornos mentais, a união entre medicação e alimentação, prescritos por um médico ou nutricionista, pode contribuir para a melhora do bem estar. “A combinação entre medicação prescrita e alimentação equilibrada, com os nutrientes necessários, potencializa o tratamento e favorece o desmame de medicamentos”, finaliza.

 

 

 

 

 

 

Sobre o Uniceplac

 

O Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos (Uniceplac) foi inaugurado em 1987 e prioriza a excelência e constante inovação do ensino. São mais de 30 cursos, com destaque para Odontologia (o primeiro de Brasília e região), Medicina, Medicina Veterinária, Fisioterapia e Direito. Na modalidade de ensino a distância (EAD), oferece duas opções de formação: Gestão da Qualidade e Pedagogia. O UNICEPLAC é avaliado com nota máxima pelo Ministério da Educação.